Menu

O Centro Histórico recebe doação de projetos de Alberto Botti

Botti é fundador junto com seu colega de turma, Marc Rubin, do escritório de arquitetura Botti Rubin, o mais antigo e ainda ativo do Brasil

São Paulo, 6 de abril de 2023.


No dia 5 de abril (quarta-feira), o Centro Histórico e Cultural Mackenzie recebeu o arquiteto mackenzista Alberto Rubens Botti, para a oficialização da doação de seus projetos e plantas para o acervo do CHCM. O evento contou com a presença do Chanceler do Mackenzie, Rev. Robinson Grangeiro, alunos e professores da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie.

O motivo central da visita foi o recebimento de seus projetos, materiais únicos e preciosos para a história da urbanização de São Paulo. Além disso, Botti concedeu uma entrevista, em que relembrou seus momentos no Mackenzie e o início da sua amizade – e futura sociedade – com Marc Rubin. Eles foram colegas de curso, há cerca de 60 anos, em uma das primeiras turmas de Arquitetura e Urbanismo.

‘’Quando fui decidir o que iria cursar na faculdade, fiquei em dúvida entre direito e arquitetura. Eu tinha um tio arquiteto que faleceu, e isso me impactou, então acabei optando pela arquitetura’’, disse. Em relação à sua escolha pela instituição de ensino, ele considera que optar pelo Mackenzie foi uma decisão feliz. ‘’Provavelmente eu não daria um bom advogado, mas eu aprendi a gostar muito do Urbanismo, que é uma forma de se aplicar o direito na arquitetura’’, afirmou.

As criações de Botti são do estilo modernista, que destaca as matérias primas, como o aço, vidro e concreto, e no design minimalista, que privilegia a funcionalidade. Para ele, o projeto deve ser o meio, e a obra o fim. No Campus Higienópolis está uma de suas edificações, o prédio João Calvino, local onde ficam os diretores do Instituto Presbiteriano Mackenzie.

Ainda sobre sua fase universitária, considera que teve um aprendizado importante para além da sala de aula. ‘’Aqui eu tive a oportunidade de ter o convívio com ideias diferentes, e isso eu levei para minha vida profissional e pessoal.’’ Aos estudantes e novos arquitetos, ele deixou um conselho. ‘’Não estacionem no tempo e no espaço, se renovem, procurem novos caminhos e soluções.’’

A história e os trabalhos de Alberto Botti são muito inspiradores, e é com responsabilidade que o Centro Histórico e Cultural Mackenzie recebe este material, para cuidar, guardar e, em breve, disponibilizar para pesquisas e formação de novos arquitetos.

Arq. Alberto Botti recebendo certificado de honra do Chanceler do Mackenzie, Rev. Robinson Grangeiro, da diretora da FAU, Prof. Dra. Angélica Alvim e do Coordenador do CHCM, Prof. Dr. Eduardo Abrunhosa

Arquiteto Alberto Rubens Botti durante o evento de oficialização da doação de seus projetos para o CHCM

Planta original de projeto arquitetônico do escritório Botti-Rubin Arquitetos Associados

Alberto Botti e equipe do Centro Histórico e Cultural Mackenzie

Veja outros eventos

CHCM realiza treinamento com auxiliares educacionais do Colégio

CHCM realiza treinamento com auxiliares educacionais do Colégio

Veja mais
Mackenzie participa da 9ª Jornada do Patrimônio

Mackenzie participa da 9ª Jornada do Patrimônio

Veja mais
Centro Histórico volta às atividades

Centro Histórico volta às atividades

Veja mais